quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Hora do Conto “Simão Mentiras” na Biblioteca Escolar do Colégio Bernardette Romeira.

Inserido nas comemorações do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, o Colégio Bernardette Romeira recebeu no dia 23 de outubro, a Hora do Conto “Simão Mentiras”, dinamizada pela Biblioteca Municipal de Olhão. Os alunos da sala dos “Cavalos Marinhos Curiosos” (5 anos) escutaram com muita atenção a história “Simão Mentiras”, contada de forma cativante pela animadora Iolanda do Ó. No final da história, os alunos foram convidados a participar no reconto do livro.
Mas esta “Hora do Conto” trazia uma surpresa e terminou com o conto do “Capuchinho Vermelho”. Iolanda do Ó encantou os nossos alunos com um fantoche muito especial “3 em 1”, que se transformava em três personagens: o Capuchinho Vermelho, a “Avó” e o “Lobo Mau”.

A "Hora do Conto" é muito importante para suscitar o interesse das crianças para o universo da literatura e, dessa maneira, ajudar na formação de novos leitores. As histórias estimulam a imaginação, a curiosidade e o gosto pela descoberta.










O livro “Simão Mentiras

E, se o diz Simão, será verdade... ou não? Simão Mentiras submerge na difusa linha entre o real e o imaginário dos mais pequenos, capazes de dar vida às personagens que habitam na sua imaginação, ao ponto de nos fazer duvidar acerca daquilo que é verdade e daquilo que é mentira. Entre os processos que regem a criatividade na infância, a fantasia ocupa um lugar dominante. A percepção da realidade e a interacção com o mundo através da fantasia está sempre presente nas diversas formas de comunicação dos mais novos. O protagonista desta história percebe e expressa a realidade como um jogo fantástico ao serviço de uma finalidade concreta: fala de lobos, raposas e gatos que estão na sua imaginação. Mas a fantasia tem um carácter efémero e não chega à materialidade da percepção; por isso Simão, tal como os leitores, terá que discernir entre fantasia e realidade no momento oportuno, precisamente no momento de terminar o conto.

Sem comentários:

Enviar um comentário