segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Artista do mês de novembro - Oscar Wilde


 Resumo Biográfico

Oscar Wilde nasce a 16 de outubro de 1854 em Dublin (Irlanda), filho de William Robert Wilde, cirurgião , e de Jane Speranza Francesca Wilde, que escrevia versos irlandeses patrióticos com o pseudónimo de Speranza.

Aos 20 anos ganha a medalha de ouro Berkley pelo seu trabalho em grego sobre os poetas gregos e recebe uma insígnia por cinco anos para estudar do Magdalen College, de Oxford. Dois anos mais tarde recebe o primeiro prémio de literatura greco-latina.
Ganha ainda o primeiro prémio nos exames finais do curso e o galardão Newdigate com o porma “Rávena”.
Aos 24 anos obtém o título de bachelor of Arts.

A originalidade dos seus temas e o seu estilo depurado refletem-se em obras como o “Retrato de Dorian Gray” e o “Fantasma de Canterville”. Os seus versos e artigos são publicados em revistas de Londres, Dublin, Nova Iorque e Paris e as obras teatrais adquirem tal êxito que são representadas em salas europeias.

Passa pelo teatro com “O Leque de Lady Windermere”, “A importância de Se Chamar Ernesto”,
“A Duquesa de Pádua”, “Uma Mulher sem Importância”, “Um Marido Ideal”, “A Importância de Ser Formal”, “Vera e os Niilistas”, entre outras.

Na sua produção lírica profunda e intimista, destaca-se a “Balada da Prisão de Reading”, extenso poema autobiográfico onde justifica o seu encarceramento, acusado de homossexualidade com o jovem Alfred Douglas, relação essa de que é vítima de escárnio.

Aceita convites dos Estados Unidos e do Canadá para fazer  conferências de Arte e Literatura.

Escreve romances e contos, como “O Crime de Lord Artur Savile”, “O  Rouxinol e a Rosa”, “O Príncipe Feliz”, “A Pele de Laranja”, “A Esfinge”.

Ensaios muito importantes são “A Decadência da Mentira”, “A Verdade das Máscaras”, “Pena”, “Lápis e Veneno” e “O Crítico Artista”.
Escreve inúmeros artigos publicados em revistas por toda a Europa.

Oscar Wilde morre a 30 de novembro de 1900, acompanhado por alguns amigos e na pobreza.


Sem comentários:

Enviar um comentário