quarta-feira, 27 de abril de 2011

"As senhas" do 25 de Abril

A 1ª senha, para o início das operações militares a desencadear pelo Movimento das Forças Armadas, foi dada por João Paulo Dinis aos microfones dos Emissores Associados de Lisboa:
«Faltam cinco minutos para as vinte e três horas. Convosco, Paulo de Carvalho com o Eurofestival 74, E Depois do Adeus ...».

E Depois do Adeus
Paulo de Carvalho
(Música de José Cálvario e Letra de José Niza)




.............................................................................................................................


A 2ª senha, para continuação do golpe foi dada pela canção Grândola, Vila Morena, de José  Afonso, posta no ar por Manuel Tomás, no programa Limite da Rádio Renascença, à meia-noite e vinte, sendo antecedida pela leitura da sua primeira quadra.


Grândula Vila Morena
Música e letra de José Afonso

A música que em 25 de Abril de 1974 lançou as tropas portuguesas para a rua. 
Era o início do golpe de Estado. Acabava a Ditadura...




Grândula Vila Morena
José Afonso

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade.


.........................................................................................................................


Clica aqui para ouvires as Canções de abril!

Clica aqui para leres Poesia de abril!

Sem comentários:

Enviar um comentário