segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Poema da Semana - Acalanto

Acalanto

Dorme menino sem preço
Que o teu berço é como um barco,
Rio que te leve p`ra longe
Desagua nos meus braços.

Dorme que a brisa amainou
E o melro está noutro lugar,
Dorme que o tempo parou,
Fiquei eu p`ra te embalar.

Dorme, menino, nas nuvens,
Brancas nuvens destes braços,
Dorme à sombra dos meus olhos
E ao sol deste regaço.

João Pedro Méssede


Biografia
João Pedro Mésseder nasceu em 1957, no Porto. É Professor Coordenador da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, tendo-se doutorado em Literatura Portuguesa do século XX pela Universidade Nova de Lisboa e publicado diversos estudos nos âmbitos da História e da Crítica Literárias (Literatura Portuguesa Contemporânea e Literatura para a Infância e a Juventude), além de várias antologias. Nesta qualidade, fundou e dirige a revista Malasartes.
É autor de livros de poesia e de cerca de três dezenas de obras para crianças e jovens, repartidas pela escrita em verso, pelo álbum e pela narrativa.
Textos seus têm sido utilizados em espectáculos teatrais de grupos. Criou o texto principal para o espectáculo Lenheiras de Cuca-Macuca (2008) do Teatro e Marionetas de Mandrágora
Vários dos seus poemas e outros textos foram musicados, interpretados e gravados pelo Bando dos Gambozinos. 
Em 2010, por encomenda da RTP, escreveu o conto Comédia italiana,  a partir do quadro, com o mesmo título, de Columbano. Com base em ambos foi realizado um filme de animação.
A sua obra conta com várias dezenas de títulos editados e que foram motivo de estudos e de recensões críticas.

Sem comentários:

Enviar um comentário